Notícias‎ > ‎Arquivo 2018‎ > ‎

Startup que combate drones criminosos é selecionada pelo BrinksUp!

postado em 24 de jul de 2018 07:18 por Eduardo Neger   [ 24 de jul de 2018 07:26 atualizado‎(s)‎ ]
http://tiinside.com.br/tiinside/28/03/2018/startup-que-combate-drones-criminosos-e-selecionada-pelo-brinksup/

Postado em: 28/03/2018, às 19:10

A Drone Control, spin off brasileira que desenvolve sistemas de proteção contra drones não autorizados, é uma das quatro startups selecionadas para participar do programa de aceleração BrinksUp! Cada uma receberá R$ 160 mil e passará por uma etapa de coaching durante quatro meses, com mentoria de executivos da Brink's, empresa mundial em logística de valores, e consultoria dos gestores da Liga Ventures, aceleradora focada em gerar negócios entre startups e grandes corporações.

A iniciativa da Brink's tem como objetivo fomentar ideias inovadoras de produtos e serviços relacionados com as áreas de segurança, transporte e logística, varejo, meios de pagamento e moedas, produtividade e inteligência, além de se preparar para os novos desafios do mercado.

Hacker do espaço

O modelo de negócio inovador da Drone Control apresenta o conceito inédito de proteção do espaço aéreo como serviço (APaaS). Diversas técnicas de inteligência espectral são utilizadas para tal, desde a simples detecção até o spoofing – processo similar ao que hackers utilizam para "sequestrar" drones e assumir o controle da aeronave.

Ao detectar a aproximação de um drone, o sistema identifica os códigos de comunicação entre o controle remoto e a aeronave, e passa a utiliza-los de maneira mais eficiente, assumindo o controle do drone ou somente bloqueando sua trajetória para que este não entre na área protegida.

"São tecnologias que podem ser úteis para dar proteção de aeroportos, condomínios e plantas industriais, ou auxiliar na segurança de eventos, resorts e hotéis", exemplifica Eduardo Neger, diretor de Engenharia da Neger Telecom, empresa de base tecnológica que deu origem a spin off Drone Control. "Nosso objetivo é aplicar essa tecnologia inovadora em um modelo de negócio diferenciado para o mercado de segurança privada", destaca.

O sistema surgiu como evolução incremental das técnicas de bloqueio de sinais de radiocomunicações desenvolvidas pela empresa, que em janeiro de 2016 foi a primeira no Brasil a certificar junto à ANATEL um sistema de proteção contra veículos aéreos remotamente pilotados. Em busca de novas tecnologias disruptivas, realizou investimento em pesquisa por meio de parceria entre a Unicamp e a Neger Telecom, cooperação que já rendeu destaque em publicações científicas internacionais e até um pedido de patente conjunta. "Ao constatarmos que a tecnologia tinha potencial para abrir um novo mercado, decidimos criar a spin off", conta Neger, acrescentado que a startup será operada e gerida como um negócio independente da empresa-mãe.

http://tiinside.com.br/tiinside/28/03/2018/startup-que-combate-drones-criminosos-e-selecionada-pelo-brinksup/
Comments